quinta-feira, 4 de setembro de 2014

QUARTO DE BEBÊ - MENINO
E ALGUMAS DICAS SOBRE PLANEJAMENTO E DECORAÇÃO DE QUARTOS DE BEBÊ


Uma das etapas mais gostosas para quem está esperando um bebê é a hora de decorar o quartinho. Porém antes de pensar na decoração é importante refletir sobre algumas questões mais fundamentais e práticas.
A primeira delas é o layout (ou como o mobiliário será distribuído no quarto). Medir as dimensões do quarto e a altura do pé-direto é a primeira etapa. Com estas informações, comece a refletir quais móveis você precisa inserir no quarto e se eles cabem confortavelmente, garantindo uma boa circulação.
Este é o projeto do futuro quartinho do Lucca. A paleta de cores se restringem à três tons: creme, marrom claro e azul (além do branco presente nas faixas de gesso e móveis).
Como este espaço criado para o bebê é temporário (já que as crianças crescem muito rápido), tenha cuidado e moderação quanto à temática do quarto para não o deixar muito infantil e a decoração ficar cansativa. Sugiro não usar móveis que remetam ao tema, nem inserir itens temáticos nas paredes. Uma alternativa é inserir o tema no enxoval e em objetos decorativos que podem ser facilmente trocados.
Quando você for pensar na distribuição dos móveis tenha em mente os seguintes pontos:]
  • Não é aconselhável que o berço fique perto de uma corrente de ar (para saber onde fica a corrente de ar do ambiente, passe uma linha imaginária ligando a janela à porta);
  • Não deixar o berço próximo à janela. Além de ser um local mais frio (bom checar a vedação da janela), o local não é bom por questões de segurança, principalmente quando o bebê começar a crescer e querer "explorar" o ambiente. Caso você não tenha outra alternativa por questões de espaço, invista em uma tela protetora além de uma boa cortina para blindar a iluminação e calor diretamente no bebê;
  • Tenha, sempre que possível, um trocador ou cômoda ao lado do berço. Isso irá facilitar muito na hora das trocas.
  • Caso você tenha uma cadeira de amamentação (se atende para um modelo bem confortável), é aconselhável que fique próximo ao berço e que você tenha uma mesinha de canto ou criado-mudo próximo à cadeira para mamadeira e outros acessórios.
  • Cama-auxiliar: Embora seja algo muito útil para quando você precisar dormir próximo ao bebê, só use se tiver espaço e não for atrapalhar na circulação. 
  • Evite comprar móveis temáticos ou muito infantis. Lembre-se que as crianças crescem rápido e, já que é para fazer um investimento em mobiliário, compre itens que possam acompanhar a criança por muitos anos.

Iluminação:
Evite deixar pontos de luz diretamente sobre o bebê, como spots de luz (sua visão é sensível e ele passará boa parte do tempo deitadinho). Procure opções de luz indireta, como abajures, arandelas ou, como no caso do quartinho do Lucca, foi usado mangueira de LED de cor amarela atrás da cabeceira do berço. Ah, e luz natural é sempre bem vinda!
  Foto mostrando a iluminação indireta atrás do painel.





O excesso é um dos maiores erros cometidos na hora de decorar um quarto de bebê.
  • Evite excesso de mobiliário e priorize a boa circulação;
  • Escolha móveis com cantos arredondados;
  • Evite deixar objetos decorativos e brinquedos espalhados pelo chão para evitar acidentes;
  • Não utilize tapetes que não fiquem firmes no chão para evitar escorregamentos e acidentes com o bebê;
  • Somente deixe próximo da criança o que você quiser que ela tenha acesso, e o que você quiser isolar deixe em prateleiras altas;
  • Tenha bom senso na hora de utilizar cores vibrantes no quarto. Se possível restrinja as cores para os brinquedos para estimulá-los e não deixar o ambiente muito cansativo.

Gostou? Que tal ver outros quartos de bebê? Clique aqui e veja.
E que tal fazer o seu projeto? Clique aqui e saiba mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário